Uncategorized

Bicicletada Curitiba atinge a marca dos 3 dígitos.

É isso ae, a Bicicletada Curitiba atinge a marca dos 3 dígitos, huhuu, foram mais de 140 pessoas participando desta incrível massa crítica. Tivemos uma participação hyper especial da galera da bicicletada de São Paulo, o que fortaleceu ainda mais a nossa bicicletada.

Foi tudo muito divertido e animado, ficamos conhecendo vários dos participantes de lá, que assim como todos nós lutam por um mundo melhor para se viver, um mundo com menos poluição atmosférica, sonora e visual provocada pelo uso excessivo e abusivo dos automóveis, sem contar a violência e desrespeito no trânsito, porque todos nós temos o direito de ir e vir usando a bicicleta como meio de transporte.

Bem, como eu tava dizendo, foi tudo muito maneiro, conhecemos a galera que participa ativamente, trocamos idéias, tudo em um clima de descontração e alegria.

Saímos da reitoria às 10:00hs como de costume, pedalamos pelo centro da cidade, e finalizamos no Museu Oscar Niemeyer, vulgo museu do olho (que aliás, naum tem bicicletário, mas também, era de se esperar, pois o nosso ilustríssimo arquiteto, sem desmerecer suas magníficas obras, sempre fez projetos de cidades voltadas para os automoveis).

Chegando no museu, o pessoal deu uma descansada, rolou bate papo, fotos, e até um blues improvisado.

… e até uma apresentação de um grupo dança de umas meninas de Santa Catarina.

Ah, e malabaris também.

Após tudo isso fomos todos almoçar, alguns foram comer carne numa churrascaria, outros foram em um restaurante vegetariano chamado Formosa (eu fui nesse), que fica na rua Trajano Reis, perto do Largo da Ordem, como havia muitas bikes, o dono do restaurante muito simpático, desocupou sua garagem particular e deixou a galera colocar as bikes lá dentro, alías, deixa eu aproveitar e fazer uma propaganda sem fins lucrativos do restaurante, a comida é uma delícia com grande variedade de sabores, vale a pena conferir.

Após isso, fomos convidados a ir num centro cultural desenvolvido por alguns squatters, bem no centro da cidade, galerinha  maneira, tivemos uma sessão de música hardcore, e entaum falamos um pouco sobre a bicicletada.

Na verdade quem falou mais foi a galera de sampa, nós aproveitamos para ouvir atentamente e pegar algumas idéias, foi apresentado também no local um vídeo da Renata Falzoni da ESPN sobre o World Naked Bike Ride/08 realizado em São Paulo, disponível aqui no You Tube.

Depois fui tomar um chopp no Largo da Ordem e voltei pra casa (pedalando é claro), detalhe: com um só freio, rss, pois o manete do freio traseiro quebrou (falta de revisão da nisso neh?).

Bem, pela manhã de domingo a galera ia pra Morretes pela estrada da Graciosa de bike, eu acordei muito tarde e acabei não indo.

Resumindo, foi um puta encontro, pretendo ir pra Sampa agora, de prefêrencia no próximo Dia Mundial Sem carro – 22 de setembro.

that’s all folks!!

Com licença que eu vou pedalar!

Anúncios

11 thoughts on “Bicicletada Curitiba atinge a marca dos 3 dígitos.”

  1. Pedalante participante da bicicletada de SP, e agora da de Curitiba.

    Nossas fotos da Aventura em CURITIBA – do Bonde, bicicletada e passeio no domingo.
    Vejam as fotos: http://picasaweb.google.com/PEDALANTE/BONDEDECURITBA
    e http://picasaweb.google.com/PEDALANTE/BICICLETADACURITIBA
    e tb aqui: http://picasaweb.google.com/PEDALANTE/NoCentroDeCuritiba

    Sem palavras, para descrever tamanha emoção, somente um poema , que desejo compartilhar com todos e todas…

    Los hermanos ( A. Yupanqui)

    Yo tengo tantos hermanos
    que los puedo contar
    em el valle em la montaña
    em la pampa y en mar
    cada qual com sus trabajos
    com sus suênos cada cual
    con la esperanza adelante
    con los recuerdos de trás
    yo tengo tantos hermanos
    que no los puedo contar
    gente de mano caliente
    por eso de la amistad
    (…)
    que nos puedo contar
    Y unahermana mui hermosa
    que se llama L I B E R T A D

    p.s – Até setembro , no dia mundial sem carro. Se precisar de uma bicicleta Roda fixa para pedalar em Sampa, use/abuse da nossa Azurra.

  2. Bela iniciativa. Prepare-se, porque seu blog não será lido só em curitiba. E vc perdeu um passeio maravilhoso. To até agora encantado com a graciosa serra. Abraços.

  3. Parabéns pelo seu blog, como o Silvio disse, ciclistas de todo o Brasil passarão por aqui. Esse fim de semana fomos abençoados, Deus é Ciclista e mandou um sol maravilhoso nos dois dias em que tivemos aí. Fiz amizades sinceras e podem contar com o amigo aqui para o que der e vier.

    Próximo passo é partir para os 4 digitos na Bicicletada de Curitiba, o céu é o limite, abraços e até a próxima oportunidade.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s