arte, bicicleta, imagens, literatura, poesia

A BiciMoça

Por OSCAR | Publicado originalmente em 6 de maio de 2010 no blog Bicicleteiros.

Olha a Moça de Bicicleta

É um conjunto de tanta beleza

Ela Presente é a Natureza

Ela é quem me completa.

Ela passa e nem se dá conta

Dos pensamentos que em minha cabeça ela planta

Eu viajo em seu giro ligeiro

Os meus olhos são seus passageiros

E a fumaça que ela respira

É o ar que o carro consome

E o desrespeito em cada fina

Este é o presente do homem.

Pedala, que o planeta agradece

Pedala e, com teu exemplo, convence

Pois o discurso desta gente motorizada

Diz tanto, mas deixa a Terra ficar desbotada.

Não deixem de dar um pulo até o blog do http://www.bicicleteiros.com.br/ , vale a pena.

Anúncios
poesia

Os Rubayat, Omar Khayyan. poema 22

22

Na estação das rosas procuro um campo florido
e sento-me à sombra com uma linda mulher;
não cuido da minha salvação: tomo o vinho
que ela me oferece; senão, o que valeria eu?

trecho da obra Os Rubayat, de  Omar Khayyan. Clique aqui mesmo para download do livro em formato PDF, e boa leitura. –> rubayat.pdf