arte, fotos

# Foto do dia – Arte na Ciclovia

Pedalar também faz bem aos olhos.

Fotos by ciclista urbano cwb: http://www.flickr.com/photos/andreluizdealmeida/

bicicleta, dia mundial sem carro, mobilidade urbana, notícias, trânsito

Com bicicletas

Reproduzo aqui no blog o editorial de hoje da Gazeta do Povo:

Com bicicletas

Diante dos cada vez mais frequentes congestionamentos e acidentes de trânsito na capital paranaense, nada mais elogiável do que a luta dos que buscam meios de transportes alternativos para diminuir os problemas urbanos de Curi­­tiba. Este é o objetivo de um grupo de jovens que está à frente do movimento Arte Bicicleta Mobilidade, que elegeu o mês de setembro, com programa de várias manifestações públicas, para incentivar e cobrar do poder público o uso de meios de transportes não poluentes. O ato principal está marcado para o dia 22, Dia Mundial Sem Carro, quando se pretende realizar a “Marcha das Mil Bikes”. De modo geral, os motoristas e pedestres não respeitam os ciclistas e não há ciclovias ou ciclofaixas em toda a cidade. Para suprir essas deficiências, a prefeitura elaborou um Plano Diretor Cicloviário que está em fase final de elaboração. É um avanço. O uso seguro de bicicletas só será possível, no entanto, com uma mudança de cultura no uso racional dos transportes no meio urbano. Que este setembro das bicicletas ajude a tornar mais próximo o sonho.

Link para o editorial: http://portal.rpc.com.br/gazetadopovo/opiniao/conteudo.phtml?tl=1&id=920849&tit=Com-bicicletas

artigos, bicicleta, bicicletada curitiba, cicloativismo, mobilidade urbana, notícias

Extra! Extra! Desafio em Curitiba abre o mês da bicicleta no trânsito

É hoje, dia 1° de setembro, começa o mês sem carro em Curitiba, vai ser um mês de eventos como tema principal o uso de transporte não poluente. Fique por dentro e leia as notícias, participe dos eventos, saia de bicicleta pela cidade, faça a sua parte, a cidade agradece :-).

———

“Em setembro, movimentos vão estimular o transporte em duas rodas. Objetivo não é apenas diminuir os poluentes, mas repensar a ocupação dos espaços públicos.”
Leia a reportagem completa no site da Gazeta do Povo, clique aqui.

Saiba mais sobre Mês da Bicicleta e o Dia Mundial sem Carro:

HowStuffWorks – Como funciona o Dia Munidal Sem Carro

Dia Mundial sem Carro, você vai participar?

O Dia Mundial sem Carro em detalhes – Planeta Sustentável

Grupo Transporte Humano em Curitiba

Bicicletada Curitiba

 

Fonte da figura: http://vaidireto.files.wordpress.com/2007/09/dia-mundial-sem-carro-3.jpg
Fonte da figura: http://vaidireto.files.wordpress.com/2007/09/dia-mundial-sem-carro-3.jpg
bicicletada curitiba, cicloativismo, música

Música para sair da bolha 2009

3384169400_6565d91ea8_o

Nesta sexta-feira, 27 de março, reiniciam as atividades do projeto MÚSICA PARA SAIR DA BOLHA – uma série de performances musicais acontecendo na rua, na hora mais tensa do trânsito, quando os motoristas estão aglomerados em congestionamentos, stressados, nervosos e impacientes com a lentidão provocada por eles próprios.
A proposta, que aconteceu inicialmente no ano passado durante a segunda edição do ARTE BICICLETA MOBILIDADE (www.artebicicletamobilidade.wordpress.com), é uma iniciativa do coletivo artístico Interlux, e pretende jogar um questionamento sobre o paradigma urbano centrado na mobilidade motorizada e suas mazelas sociais que se tornam cada vez mais explícitas. O carro é uma ilusão. A sensação de segurança e rapidez escondem as armadilhas do sedentarismo, nervosismo crescente, endividamentos perenes, sem falar nos terríveis danos ecológicos de sua produção e manutenção.
As autoridades de Curitiba, por sua vez, tratam a questão de forma leviana, omissa. A falta de estruturas para transitar com segurança de bicicleta pela cidade vem sendo apontada há muito tempo e todos os orgãos municipais estão agindo com deliberada negligência. A inserção da bicicleta no cotidiano dos cidadãos, através da criação de ciclofaixas, paraciclos e do fomento de uma cultura de respeito a bicicleta, deveria ser estimulada e apoiada. O que vemos, no entanto, é a indiferença. Mais do que isto, a prefeitura ainda multa aqueles que estão propondo alternativas inteligentes, criativas e não-poluentes. http://portal.rpc.com.br/gazetadopovo/vidaecidadania/conteudo.phtml?id=836083

MÚSICA PARA SAIR DA BOLHA é a celebração da rua como espaço de convivência, de troca, de vida. É a crítica do trânsito feroz que destrói toda sociabilidade, cria espaços de isolamento e é causa direta de inúmeras mortes e atropelamentos. Toda última sexta-feira do mês, no cruzamento das ruas Augusto Stresser e Barão de Guaraúna, a partir das 18hs, a música estará fluindo, de graça, sem espetáculos, sem fumaça, sem cara-feia.

É só aparecer!


Postado originalmente no blog Bicicletada Curitiba.